Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Graduação > Bacharelado em Musicoterapia

Bacharelado em Musicoterapia

O curso de Bacharelado em Musicoterapia é um curso de graduação em conformidade com a Resolução do MEC, Lei n° 9394/96 – Diretrizes e Bases da Educação Nacional, para ensino de graduação, e da Resolução nº 2/2004 pelo CNE/MEC, e dos Pareceres CES/CNE nº 067/2003, 195/2003 que aprova as Diretrizes Curriculares Nacionais em Música. O curso de Musicoterapia atende também ao parecer n 329/2004 CNE, que discorre sobre a carga horária mínima dos cursos de Bacharelado.

Tomando por base as Diretrizes Curriculares Nacionais da área da música, o curso de Graduação em Musicoterapia tem por finalidades:

I - intervir na sociedade de acordo com suas manifestações culturais, demonstrando sensibilidade e criações musicais interativas e sociais, para interagir e intervir por meio de experiências musicais, no sentido de promover a saúde, o desenvolvimento humano, as relações sociais e prevenir estados de adoecimento;

II - viabilizar pesquisa científica na interrelação entre Música, Ser humano, Saúde e Sociedade, visando à criação, compreensão e difusão da atuação musical para a qualidade de vida, promoção da saúde, tratamentos e seu desenvolvimento;

III - atuar, de forma significativa, nas manifestações musicais inclusivas, instituídas ou emergentes;

IV - atuar nos diferenciados equipamentos de Saúde, espaços de Educação e integração social e, especialmente, em articulação com instituição de ensino específico de Musicoterapia e instituição de representatividade profissional;

 V - estimular práticas musicais interativas e sua divulgação como manifestação do potencial transformador da música;

VI - incentivar o trabalho de investigação científica, visando o desenvolvimento da prática científica e construção do conhecimento da musicoterapia;

VII – Formar graduandos na área da Musicoterapia, aptos para a inserção em diferentes setores profissionais visando a saúde, o bem-estar e melhora da qualidade de vida.

Com a intenção de promover a cidadania por meio da atuação colaborativa e crítica de seus egressos no mercado de trabalho, o Curso de Bacharelado em Musicoterapia considera a formação humana de seu estudante.

Considerando que educar é um ato político, faz-se necessário, dentre tantos pontos de estudo, desenvolver a reflexão, com base nas realidades individuais, fornecendo, recursos ao corpo discente e docente para instaurar esta reflexão sobre o sujeito, objeto de seu estudo e pesquisa. Reflexão que estabelece um contraponto entre as áreas de arte e da saúde, pois no curso de Musicoterapia elas não estão separadas. Para tanto, mantém em sua grade curricular disciplinas de cunho humanístico e reflexivo. Acredita-se assim, que a formação profissional é sempre um espaço de enriquecimento humano e desenvolvimento da consciência como ser humano crítico para perceber as demandas cotidianas.

Assim, no que se refere a Musicoterapia como profissão, o curso tem por concepção a formação do profissional integrado e habilitado para o uso da música, para finalidades que ultrapassam o fazer artístico musical e alcançam a transformação do ser humano.